Nossas ideias…

registrando pequenezas cotidianas

O acausos nasceu em um momento de luto.

Ele nos pareceu uma tentativa de lidar com as nossas emoções de perda, dor e impotência. Em momentos como esse, é comum para nós ouvirmos e contarmos causos, envolvendo aqueles que se foram.

Dois dedos de prosa, de um causo se pula para outro, e para outro… O riso, que parecia perdido, soterrado pela estreiteza da dor que nos consome, já retorna. Ele brota e se derrama com a mesma força e potência que as histórias daqueles que não ouviremos mais.

Os causos, histórias, relatos e crônicas que aqui habitam vem de experiências vividas de muito longe ou de perto, do tempo de agora e também daquele que quase não lembramos mais.

Aliás, coisa curiosa é o tempo. Pra uns, ele corre como se estivesse sobre uma linha reta, com a direção certeira sempre a frente, e vivemos atrasados, perseguindo o seu calcanhar.


Mas o tempo, pra outros, também é um ciclo, uma espiral que estica e volta, dependendo de como, onde e com quem a gente está. Dependendo do que sentimos, ouvimos, lemos, vemos e maquinamos. A memória nos possibilita percorrer essa estrada ora sinuosa, ora estreita, ora repartida, mas sempre aquela que nos faz entender onde é que a gente está.

Puxe uma cadeira, sirva um café e venha conosco se inteirar das pequenas que fazem o curso da história espiralar.

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: