A bicicleta

Essa história, como várias das que temos contado por aqui se passou numa fazenda do interior de São Paulo. Bom, se você meu caro leitor, deu uma passada por outros causos aqui pelo site deve ter se deparado com o causo da montanha-russa se lembra? Pois bem, o causo da bicicleta tem suas semelhanças com ele.

Tinha essa descida na fazenda, descida grande, dessas bem compridas mesmo, de terra batida, bem inclinada. Um moço, lá na sua juventude entre a adolescência e vida adulta que morava na tal fazenda, costumava passar por essa descida. Essa passagem tinha alguns motivos diversos, um deles, porque fazia parte da sua passagem, era o seu caminho no dia a dia. Um outro, e esse é o mais importante aqui para nossa história, caro leitor, é que ele, bom, como posso dizer, tinha uma “queda” por uma moça que morava numa casa que se situava ao longo dessa tal descida.

Bom, o moço estava a andar de bicicleta pela fazenda, indo e vindo, até que em seus caminhos, seja lá por qual motivo, tinha a descida pela frente. Como num outro dia qualquer ele se pôs a descê-la, já que era um costume!

Começou a descida com tranquilidade, mas no decorrer dela a bicicleta foi ganhando velocidade, o que tornou um pouco mais difícil de guiar, com isso, o moço não sabe ao certo, se bateu numa pedra, ou passou por um buraco, se simplesmente perdeu a direção por conta da velocidade e da inclinação da descida, mas o que ele sabe contar é que perdeu o controle e caiu.

Na verdade, ele caiu perto de uma casa, ou melhor dizendo, caiu dentro de uma casa. Imagine a cena caro leitor, porque a porta da casa dava direto para a rua e estava aberta… Pois bem, o moço foi para lá dentro da sala da casa. Entrou com tudo e ficou caído no chão.

Essa casa era a que você está pensando mesmo, a casa da moça de quem ele gostava, mas será que ela o viu caindo? Será que ela estava em casa? Pior que sim!

Ela estava em casa, e sim, ela o viu caindo, pois ela estava jantando na sala bem na hora da aterrisagem do moço com bicicleta e tudo. E ela não estava sozinha, estava com toda a sua família presenciando a cena! Imagine você a vergonha do moço! O romance parece que não vingou, mesmo ele tendo uma tremenda queda por ela.


Texto por Edinei de Oliveira .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: