Borboleta

Volta e meia esse causo reaparece para mim a partir de pelo menos dois contextos. O primeiro deles, de relação mais direta com o assunto, nas prosas sobre flores e natureza. O segundo, de significado menos preciso, meio solto e escorregadio dependendo do ouvinte, pra falar sobre pequenezas da vida. Desde o crescimento das crianças até os efeitos do agronegócio no nosso horizonte mais próximo.

“Eu tinha uns pé de flor bonito ali na frente da casa. Colorido. Dava uns cachinho cheio de flor miudinha, bem perfumada (parece que é lantana o nome). Mais antigamente, aquilo enchia de borboleta quando dava sol. Mais um monte. Um monte mesmo. De toda cor. Vermelha, marrom, azul, rajada, amarelinha. Muita borboleta. Daí esse meu neto, que era pequeno, ficava olhando as borboleta. Ele ficava encantado da quantia de borboleta que tinha. Aí um dia ele apareceu em casa com uma sacolinha e passava correndo com a sacolinha perto das borboleta tentando caçar alguma. Ele conseguiu pegar uma, foi lá na casa dele e soltou a borboleta lá. Ela saiu da sacola e foi embora. Ele ficou nervoso, que queria que na casa dele tivesse borboleta igual tem na casa da vó. Daí, tadinho, chamei ele e falei ‘fio, a vó vai dar uma mudinha de flor pra você plantar na lá sua casa, daí as borboleta vão começar a ir lá também. Elas tem que ter flor pra ir chupar o docinho, sem a flor elas não vão.’ E tirei uma mudinha pra ele. Ele levou lá e plantou a muda, tentou pegar mais borboleta. Nem sei até se apareceu borboleta lá na flor dele. Mas ele ficou tão contente com a mudinha. Hoje em dia a gente quase não vê mais borboleta. Foi acabando tudo por causa de veneno, os mato que vai diminuindo. Era bonito de ver, aquela nuvem de borboleta, de toda cor”.

E para você, o que esse causo despertou?

Texto por Karina de Camargo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: